Notícias

Aumento de vagas prisionais com humanidade

13 fevereiro 2014

Minas Gerais vai contra a crescente onda de violência nos presídios do país e lança Plano Mineiro de Humanização do Sistema Prisional

vagas-prisionais

 

 

O Governo de Minas lançou na terça-feira, 12/2, o Plano Mineiro de Humanização do Sistema Prisional, anunciado na Cidade Administrativa pelo governador Antonio Anastasia. A fim de melhorar o sistema penitenciário, humanizando-o, o projeto intenciona criar vagas a partir da abertura de novos presídios e reforma de alguns dos já existentes.

 

O Plano contempla o lançamento de editais para construção de 11 novos presídios em Minas e ampliação de quatro, o que resultará, segundo o governador, na criação de 5.485 vagas prisionais no Estado. Anastasia afirma também que já foram aumentadas seis vezes a quantidade de vagas nos presídios e que até 2015 o governo ampliará o número de vagas em cerca de 50%, o que representa um aumento de 47% das 31.487 vagas existentes hoje.

O investimento a ser feito no Plano Mineiro de Humanização do Sistema Prisional é de R$171,6 milhões. Os recursos provêm do governo Federal e do governo de Minas.

 

Sul de Minas também é contemplado

Novos presídio em Poços de Caldas e reformas para melhoria das unidades prisionais de Itajubá e Alfenas

 

Três cidades da região sul de Minas Gerais participam dos editais de licitação do Plano Mineiro de Humanização do Sistema Prisional. Poços de Caldas vai ganhar novo presídio e os presídios de Itajubá e Alfenas passarão por reforma.

 

O novo presídio de Poços de Caldas terá 306 vagas e será construído em uma área de 50 mil metros quadrados doada pelo município, com investimento de de R$ 10,9 milhões do Governo de Minas.

 

Já o presídio de Itajubá, outra unidade no Sul de Minas, também será ampliado e passará a contar com mais 306 vagas. O investimento nesta unidade totaliza R$ 7,8 milhões, sendo R$ 4,4 milhões do Governo de Minas e R$ 3,4 milhões via Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

 

A ampliação do presídio de Alfenas, assim como nas duas cidades já mencionadas, irá gerar mais 306 vagas, com investimentos totais de R$ 10,3 milhões, sendo R$ 6,9 milhões do Governo de Minas e R$ 3,4 milhões via Depen.

 

Fonte: Agência Minas

Categorias de Notícias

Voltar ao topo