Notícias

Dalmo cobra mais agilidade da Cemig em instalação de pontos de energia para o Minas Comunica

13 julho 2015

O deputado Dalmo Ribeiro participou, nesta segunda-feira (13/07), de reunião na Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), em Belo Horizonte, quando discutiu a atuação da empresa no programa Minas Comunica II, que leva telefonia celular aos distritos.

Em audiência pública realizada, no início de junho, na Assembleia Legislativa, a Vivo Telefônica, responsável pela implantação do sinal de telefonia nos distritos, alegou que em alguns locais o programa não foi implantado, porque a Cemig não forneceu a energia para as antenas de transmissão.

Dos 533 pontos de atendimento a serem implantados pela Cemig, somente 108 já estão eletrificados. A Cemig alegou que fará um mutirão para que a energia elétrica não inviabilize o programa em alguns distritos.

DSC_0228

“Os dados apresentados pela Cemig demonstram que o prazo é curto para que, em março de 2016, todos os 692 distritos sejam beneficiados pelo programa. Também solicitei à Cemig e aos demais órgãos de Governo presentes à reunião, que, futuramente, o programa também beneficie bairros rurais e não apenas distritos, como acontece na atual fase do Minas Comunica”, afirmou o deputado Dalmo.

A visita também contou com a presença de outros parlamentares que integram a Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização, de outros representantes da Cemig, do Instituto de Geoinformação e Tecnologia (Igtec), do Departamento Estadual de Telecomunicações (Detel), da Vivo Telefônica e da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

DSC_0237

Minas Comunica II
A segunda etapa do Minas Comunica foi lançada em 2014 pela antiga gestão do governo estadual e previa a instalação de sinal de telefonia móvel em 692 distritos até março de 2016. De acordo com o cronograma da segunda fase, em junho deste ano, 484 distritos já teriam que possuir o sinal de celular. Entretanto, 398 distritos contavam com o serviço até o mês passado.

Categorias de Notícias

Voltar ao topo