Notícias

Dalmo votará SIM pela abertura de investigação contra Pimentel

26 outubro 2016

A Assembleia de Minas recebeu, na tarde da última terça-feira (25/10), ofício do Superior Tribunal de Justiça (STJ) com a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra o governador Fernando Pimentel. O documento solicita que a Casa autorize a abertura do processo penal contra o chefe do Executivo, que é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em um dos quatro inquéritos abertos contra ele no STJ, a partir da Operação Acrônimo, da Polícia Federal.

“O meu compromisso, como representante do povo mineiro, é votar SIM, pois sou favorável à abertura do processo de investigação contra o governador. É muito importante que haja a apuração desses graves crimes, para que não tenhamos mais um episódio onde prevaleça a impunidade. Não podemos deixar esta mancha na história de Minas Gerais”, reforçou o parlamentar.

A Assembleia tem 30 dias, contados a partir de 25 de outubro, para definir como será o rito processual na Casa. O presidente  Adalclever Lopes, após a leitura do ofício, já enviou o processo à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, que irá nomear um deputado relator. Caso a Assembleia autorize a investigação, a denúncia volta a ser julgada pela Corte Especial do STJ.

“É importante que cada um de vocês, mineiras e mineiros, procurem seus deputados e cobrem um posicionamento neste momento tão importante. A apuração dos fatos é necessária e nós, parlamentares, não podemos fechar os olhos diante destas gravíssimas denúncias que pesam contra o governador Pimentel”, finaliza.

Categorias de Notícias

Voltar ao topo