Deputado Dalmo Ribeiro (PSDB) protocolou requerimento na Comissão de Minas e Energia nessa segunda (21) pedindo urgência no cumprimento das notas de serviço da Companhia

 

Indústrias na região do Sul e Sudoeste de Minas têm enfrentado problemas com a ligação de energia elétrica, o que tem comprometido a expansão e abertura de novas plantas. Com a situação da pandemia, a importação de materiais essenciais para a ligação de novos pontos pode ser o motivo para o atraso. 

A situação tem sido recorrente em relação aos serviços prestados pela Cemig em todo o estado. Por isso, nessa segunda (21), o deputado Dalmo Ribeiro (PSDB) protocolou, na Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), requerimento pedindo providências urgentes à Companhia no cumprimento das ordens de serviços. 

Segundo o deputado, o requerimento vai ao encontro dos interesses de todos os empresários do Sul e Sudoeste mineiro e todo o estado que, há muito tempo, aguardam retorno da Companhia para a ligação de energia. "Praticamente com todo o protocolo já feito, pagamento já efetuado, mas a Cemig se recusa a dar informações. Enquanto isso, empresas paradas, empregos desestimulados, empresários aguardando a ordem da Companhia para fazer as ligações, o que não vem ocorrendo”. 

O parlamentar apelou à Cemig para que as notas de serviços que estejam com a Companhia sejam atendidas o mais rápido possível. Essa é uma realidade que há muito tempo empresários em todo o estado têm enfrentando. 

"Não é possível o empresário esperar tanto tempo. Empresas fechadas, novas plantas sem nenhuma iniciativa por falta de energia. Minas Gerais precisa crescer e não é por aí que iremos conseguir. Poderíamos gerar mais empregos e teríamos mais competitividade. A Cemig é a grande responsável por isso. Espero que o nosso requerimento possa surtir efeito e a Companhia reveja os pedidos do Sul e Sudoeste de Minas que estão parados com urgência”, cobrou Dalmo Ribeiro.