Notícias

Homenagem aos 60 anos das Apaes é comemorada na Assembleia de Minas

04 junho 2014

Deputado Dalmo Ribeiro, que é autor da lei que reconhece o trabalho e a importância das Apaes e já conseguiu que várias delas alcançassem o título de utilidade pública, participou com muita alegria do evento

          DSC02755

Na segunda-feira (2/6) o Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais ficou repleto de membros das comunidades apaeanas do estado, de lideranças políticas e convidados. Todos comemoram juntos os 60 anos de existência da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) e o importante trabalho que realizam em prol das pessoas com deficiência. O deputado Dalmo Ribeiro (PSDB), que sempre lutou por melhorias ao lado das Apaes desde o seu primeiro mandato – hoje ele está em sua quarta legislatura – participou do evento com muita alegria, rememorando os feitos já conseguidos.

“A Apae realiza um serviço importantíssimo à sociedade, exercido com carinho e devoção pelos membros que formam à comunidade apaeana. Deixo aqui minha sincera homenagem àqueles que acreditam no trabalho desta íntegra instituição e que trabalham diariamente por melhorias na Apae, tudo em favor daqueles que precisam deste atendimento especializado, e sobretudo, atendimento feito com dedicação e respeito. Parabéns a todas as Apaes pelos 60 anos de empenho”, disse o deputado após o evento.

Reconhecimento das Apaes – Uma das maiores ações do deputado veio com a Lei 18.509/09, de sua autoria, que reconhece a importância e o interesse coletivo sobre as Apaes e seu relevante trabalho. Além de conseguir destinar subsídios para diversas unidades da Apaes por meio de emendas parlamentares e de ter conseguido o título de utilidade pública a muitas delas, Dalmo Ribeiro participa ativamente de eventos da entidade, faz visitas, recolhe reivindicações e luta por atendê-las.

Frente Parlamentar em defesa das Apaes – A proposta de instalação da Frente Parlamentar em defesa das Apaes aconteceu por iniciativa do deputado Dalmo Ribeiro quando este questionou uma edição da Cartilha “O Acesso de alunos com deficiência às escolas e classes comuns da rede regular”, editada pelo Ministério Público Federal com o apoio do Ministério da Educação, elaborada sem a participação da Federação Nacional das APAEs ou de qualquer outra entidade que presta o serviço de atendimento educacional às pessoas portadores de necessidades educacionais especiais. A instalação da frente ocorreu em audiência pública da Comissão de Educação da Assembleia e contou com a presença dos presidentes das Federações Nacional e Mineira das Apaes e dos representantes das Apaes de todo o estado.

Um dos pontos altos da homenagem à instituição na Assembleia mineira aconteceu com as apresentações musicais dos grupos Apaetucada, da Apae de Belo Horizonte, e Tambores Especiais, de São Lourenço. Além de marcante presença de membros das Apaes de todo o estado, participaram do evento a presidente da Federação Nacional das Apaes, Aracy Maria da Silva Lêdo; a diretora executiva da Apae do Rio de Janeiro, Tânia Maria Lessa Athayde Sampaio, o presidente da Apae de São Lourenço, Eduardo Gonçalves, deputados estaduais e federais entre outros convidados.

Categorias de Notícias

Voltar ao topo