Projeto ainda será apreciado nas Comissões e votação em segundo turno antes de ser transformado em Lei

Projeto de lei ‘Caminho Passos de Padre Léo’, de autoria do deputado Dalmo Ribeiro, foi aprovado em primeiro turno nesta terça-feira (7) no Plenário da Assembleia. Agora, o projeto volta à Comissão de Cultura, onde será debatido, e encaminhado ao Plenário para votação em segundo turno. A última etapa é a sanção do governador. 

Se transformado em lei, o projeto abre a possibilidade para a exploração da rota e incentivo ao turismo religioso, além de promover o desenvolvimento econômico nas cidades de Itajubá, Delfim Moreira e Marmelópolis. Com a sanção da Lei, ‘Caminho Passos do Padre Léo’ passa a integrar o roteiro turístico no estado de Minas e pode, por exemplo, receber destinação de recursos públicos. 

Quem foi Padre Léo?

Léo Tarcísio Gonçalves Pereira, mais conhecido como Padre Léo, nasceu em 9 de outubro de 1961. Veio de uma família humilde, da cidade de Delfim Moreira, Sul de Minas Gerais, no vilarejo conhecido por Biguá.

Antes de ingressar no seminário, foi torneiro mecânico e também trabalhou em uma fábrica de armas em Itajubá. Somente em 1982 entrou para o Seminário Dehonista na cidade de Lavras, pertencente à Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. 

Ele foi ordenado sacerdote em 1990 e atuou na formação de novos religiosos, e em 1995 fundou a Comunidade Bethânia.

Com seu jeito alegre, espontâneo e sua preocupação para com os mais necessitados, e em especial, com os que precisam de acolhimento e de atendimento para largar a dependência química, Padre Léo trouxe uma experiência absolutamente relevante e inspiradora em relação aos cuidados com o ser humano.

Após 16 anos de sacerdócio, vivendo integralmente para servir a Cristo, Padre Léo faleceu em 4 de janeiro de 2007, aos 45 anos, vítima de infecção generalizada por causa de um câncer no sistema linfático. Sua obra e memória continuam vivas nos corações de quem o ama e daqueles que fazem parte da família Bethânia. Após 13 anos de sua morte, teve início o seu processo de beatificação.