Deputado Dalmo Ribeiro trabalha para o desenvolvimento do setor em Minas 

 

Minas Gerais é um dos principais destinos turísticos do país. No ano passado, o estado atraiu mais de 23 milhões de turistas e arrecadou R$ 16,5 bilhões, segundo estimativas do Observatório do Turismo em Minas Gerais. No entanto, antes da pandemia da covid, o estado arrecada mais que R$ 20 bilhões e atraia mais de 30 milhões de visitantes. No dia 13 de junho, comemora-se o Dia do Turista e as contribuições do deputado Dalmo Ribeiro têm sido essenciais, principalmente para o Turismo Religioso. 

Para o parlamentar, o estado tem forte vocação turística e nos últimos anos infelizmente, com a pandemia da covid, foi fortemente afetado. "Minas Gerais tem muitas atrações turísticas. É um estado diverso e com excelentes destinos e estrutura. Só em nossa região, o Sul de Minas, temos as fontes termais, o turismo gastronômico, a Serra da Mantiqueira, os esportes aquáticos e de aventura, o turismo religioso, além de uma infraestrura de altíssima qualidade. Há muito tempo trabalhamos com o tema para desenvolver as regiões e gerar empregos. Neste ano, ainda teremos o Assembleia Fiscaliza Mais, que pretende apontar soluções para a retomada do Turismo em Minas", explica.

Caminho da Fé 

A Lei 18.058 declara como patrimônio histórico e cultural de Minas o Caminho da Fé, rota que passa pelas cidades mineiras de Andradas, Ouro Fino, Inconfidentes, Borda da Mata, Tocos do Moji, Bom Repouso, Estiva, Consolação, Paraisópolis e Sapucaí Mirim. A Lei, além de possibilitar a inclusão do Caminho nos destinos turísticos de Minas, tem o objetivo de desenvolver a região por meio de empregos e renda. 

Projetos de Lei em tramitação na Assembleia 

Ainda estão em análise na Assembleia Legislativa outros Projetos de Lei (PL) de autoria de Dalmo Ribeiro. O PL 1077 declara como patrimônio histórico e cultural do Estado a Rota Nhá Chica - Caminho das Virtudes, já o Projeto de Lei 3184 reconhece como de relevante interesse cultural do Estado o cenário bíblico Monte das Oliveiras, em Alpinópolis. 

Outro projeto em análise é o 3.297/2021 - Caminhos Passos de Padre Léo já aprovado em 1º turno no Plenário da Assembleia. O projeto reconhece a rota como de relevante interesse cultural do Estado e  tem o objetivo de incentivar o Turismo Religioso, promover o desenvolvimento das cidades de Itajubá, Delfim Moreira e Marmelópolis e ainda gerar novos empregos para toda a região.

Assembleia Fiscaliza Mais 

A ação parlamentar tem como foco fiscalizar as ações do Executivo e apontar correções necessárias com foco no setor de turismo, que foi fortemente afetado pela pandemia. O deputado Dalmo Ribeiro defendeu medidas do estado para incentivar a retomada do turismo nas diversas regiões. Além disso, sugeriu que os trabalhos da comissão criem mecanismos para envolver de fato os trabalhadores, empresários e representantes do setor em um amplo debate, que seja capaz de viabilizar medidas que contribuam com o fortalecimento do setor.